BIBLIOGRAFIA BÁSICA – PARTE 01

Facebooktwittergoogle_plusmail

Garobabas e garobabinhas… Estamos aqui, estimulados pelo grande Nilton Tscherne (do Portal Sublimático), inserindo o primeiríssimo post de capacitação on-line da Cia Arte Negus. Isso mesmo, estimular de algum modo a capacitação artística de profissionais que se relacionem com CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS, PALHAÇARIA ou ARTES VISUAIS.

Esse primeiro post é acerca de uma coisa fundamental para quem quer começar a levar a sério a contação de histórias como pesquisa de linguagem e carreira artística, mas pode ser um desdobramento para incrementar bibliografias de professores, arte educadores e leitores em geral.

Apontamos abaixo três livros sobre cultura popular brasileira que para nós é fundamental para compreender a imensa colcha de retalhos que forma nossa sociedade.

  • Um deles é CONTOS TRADICIONAIS DO BRASIL – de Câmara Cascudo (Ed. Global). Luís da Câmara Cascudo foi um historiador fundamental que desenvolveu uma profunda pesquisa em causos de origem popular, consolidando e divulgando boa parte do folclore brasileiro para os próprios brasileiros e para o resto do mundo. Para se ter uma idéia, ele é equivalente aos irmãos Grimm, mas daqui de nossa terrinha. Sabe aquelas histórias que os avós contavam? Ou aqueles causos que você nem sabe onde escutou, mas já escutou em algum lugar? Então, são esses tipos de lendas que há nessa publicação. Em nossa opinião é um dos alicerces básicos para quem quer contar histórias, pois conhecendo a nós mesmos fica muito mais fácil de conhecer os outros, e é isso de que se trata esse livro, um mergulho histórico na identidade nacional a partir de seus causos, mitos e lendas.

 

  • Outro livro que recomendaremos nesse post é o SACI PERERÊ – RESULTADO DE UM INQUÉRITO – de Monteiro Lobato. (Ed. Globo) Na década de 20, o escritor Montairo Lobato produzia textos para o “Estadinho”, e solicitou que os leitores lhe enviassem coisas que tivessem escutado acerca dessa tradicional criatura mística brasileira, o Saci. Recebeu uma série de cartas contando detalhes de inúmeros “encontros” que pessoas haviam tido com o Saci. Depois disso Lobato resolveu publicar um livro, colocando esses relatos, permitindo que quem o lesse pudesse tirar suas próprias conclusões sobre esse ser.

 

  • E por fim, mas não menos importante, o último livro recomendado aqui é VIAGEM PELO BRASIL EM 52 HISTÓRIAS, de Silvana Salerno. (Companhia das Letras) A autora reuniu histórias de todas as regiões desse nosso multifacetado Brasil, e é curioso observar como em cada local há predominância diferentes de temas, nos levando a reafirmar o que Roberto Damatta dizia, o Brasil são vários Brasis. A quantidade de histórias escolhidas (cinquenta e duas) não foi à toa, foi feito baseado na ideia de que um ano tem 52 semanas, diante disso crianças, pais, professores e demais leitores (de todas as idades) podem ler uma história por semana até o fim do ano. Ótima ideia, não?

Bom caros e caras, sei que o post foi rápido, mas espero que tenha ajudado.

 

Caso queiram saber mais informações sobre a companhia visitem nosso facebook:

https://www.facebook.com/arte.negus?ref=ts&fref=ts

ou youtube:

https://www.youtube.com/user/artenegus

ou ainda o instagram:

http://instagram.com/arte_negus

 

Augusto e Elaine fundaram a Cia Arte Negus e acreditam no riso como instrumento de transformação social.

Posts Relacionados

  • Juliana Mazini

    Muito legal! Excelente iniciativa! Indicação anotada…

    • Arte Negus

      Opa Juuu… que bom que gostou! Ficamos contentes. Iremos tentar colocar aqui no site, toda quarta feira, dicas de livros para ir montando uma biblioteca. Se der, dê sempre uma passada por aqui.

      Abração!

      Augusto e Elaine

  • Luiz Carlos Ribeiro

    Obrigado pela dica queridos conterrâneos. À guisa de sugestão, na próxima postagem, favor informar também, o nome das editoras.

    Viva Teatro.

    Luigi Di Carlo

    • Arte Negus

      Puxa, percebemos isso e iremos corrigir nas próximas postagens sim Luiz Carlos. Aliás, uma honra ter seu comentário aqui, muito obrigado pelo feedback.

      Irei atualizar o post colocando o nome das editoras entre parênteses.

      Abraço grande!

      Negus